quarta-feira, julho 22, 2009

BRASIL GT3 CHAMPIONSHIP

FIM DE SEMANA DE VELOCIDADE EM LONDRINA-PR!
Londrina (PR) recebe pela primeira vez neste final de semana (25 e 26) as máquinas do Itaipava GT Brasil, principal evento de Gran Turismo do País e que reúne os supercarros do Itaipava GT3 e do Itaipava Trofeo Maserati, além da competitiva Copa Renault Clio como categoria de suporte.
A organização do evento divulgou a programação para a quarta rodada dupla do Itaipava GT3, válida também como quarta etapa da Copa Clio e quinta etapa do Itaipava Trofeo Maserati. A primeira atividade de pista está programada para as nove horas da sexta-feira (24), com o primeiro treino livre da Copa Renault Clio, que tem 50 minutos de duração. Logo em seguida, os carros do Itaipava Trofeo Maserati e do Itaipava GT3 riscam o asfalto do Autódromo Ayrton Senna.
No sábado, além de um treino livre para cada categoria logo pela manhã, estão programados os treinos classificatórios e a primeira corrida do Itaipava GT3 Brasil, com largada às 15h30. O domingo abre a programação com o treino de aquecimento do Itaipava GT3 e Itaipava Trofeo Maserati, e logo depois, às 10 horas, haverá a largada da quarta etapa da Copa Renault Clio. Ao meio-dia tem início a segunda corrida do Itaipava GT3 Brasil, com o Itaipava Trofeo Maserati iniciando sua quinta etapa da temporada às 13h40.

O campeonato 2009 do Itaipava GT3 Brasil tem a dupla Claudio Ricci/Rafael Derani na liderança com 94 pontos, seguidos por Allam Khodair/Marcelo Hahn com 76 e Thiago Camilo com 70.

PROCURANDO "PELO EM OVO"???


O QUE FAZ UM BOM PUXÃO DE ORELHAS!
Após toda a polêmica do GP da Alemanha, criado por Rubens Barrichello com a Brawn, pareçe que ele levou um "puxão de orelhas" do chefão Ross Brawn.
Segundo declarações do piloto isso já faz parte do passado, e o negócio agora é pensar no na união da equipe para conquistar o campeonato de 2009.
Vejam as declarações do piloto:
"Lavamos a roupa suja, dois dias depois, e vamos para Budapeste confiantes em vencer a Red Bull", garantiu o veterano. "O Ross me ligou na terça (14), disse-me que ouviu o que não desejava ouvir e falou o que não pretendia falar. Recebi detalhes, ainda, do novo pacote técnico que vamos ter na Hungria e falou que precisamos nos unir ainda mais para sermos campeões."
Rubens também garantiu que o fato de ter feito seu terceiro pit-stop em Nürburgring antes de Jenson Button, que estava logo atrás na corrida, já foi superado. O ingles terminou a sua frente
na quinta colocação. E destacou que não pode ficar "procurando pelo em ovo". "Os engenheiros me mostraram, dentre eles os meus próprios, que o Button tinha mais gasolina que eu, portanto eu deveria mesmo ter realizado a última parada antes.
E tem mais, se eu começar a pensar que tem pelo em ovo será ruim para minha intenção de terminar a temporada muito bem", ressaltou.O brasileiro concluiu dizendo que a Brawn tem todas as condições de reverter os últimos resultados e voltar à ficar à frente da Red Bull, e lembrou que a temperatura deve ajudar seu time. "Vou à Hungria para tentar vencer, que é o que a Brawn precisa, tirar pontos da Red Bull. Nossa previsão é de mais de 30 graus em Budapeste. Se essas condições, e mais as mudanças no carro e as características da pista, lenta, não servirem para superá-los, teremos de concentrar todas as nossas energias e recursos neste ano para ficarmos com o título", finalizou.
Fonte:(Site GP)

COPA SUL DE ARRANCADAS


É isso ai galera, neste domingo em Soledade e já com presença dos integrantes do GTA.

VELHO, REESTILIZADO.... MAS FEROZ!!



Que tal éssa relíquia? É de "babar né?
Este bólido, Shelby Mustang GT 500 V8 5.4, possui o Kit Super Snake instalado pela Ford nos EUA (605hp), único com manutenção de garantia pela Ford americana. Neste kit insano do Super Snake você leva o Supercharger, filtro de ar esportivo Ford Racing, bem como nova polia e correia para o compressor girar mais e exercer mais pressão. Depois de tudo instalado utiliza-se um módulo da Ford Racing para reprogramar a injeção eletrônica.

Os freios dianteiros são da marca Brembo que pinçam aros de 14”, o que não é problema para parar esse carro, que pesa nada menos que 1790 quilos. A suspensão especial é Eibach. O câmbio manual Tremec é de 06 velocidades. Aqui no Brasil ele recebeu também um kit de escapamento Stingers Axle Back da Steeda (aumento de no mínimo 10 cv, totalizando 615 cv); é o puro som de um muscle car americano. Além disso, ele está equipado com todos os opcionais de série, como o som Shaker 1.000 watts com disqueteira para 6 CD's, som para MP3, e no porta malas um Subwoofer, bem como GT 500 Premium Trim Package. Acompanha também capa de proteção do carro personalizada “super snake” e a famosa e exclusiva placa no painel com assinatura autêntica de Carrol Shelby.

Vejam só a cavalaria:

Para andar neste bólido normalmente e sem susto é necessário que o botão do controle de tração esteja no ON, caso você desligue o seu controle de tração para poder se aventurar um pouco mais, a partida deve ser comedida, para que os pneus traseiros (285/40 ZR18) não percam atrito e o carro fique no mesmo lugar. Acelera-se gradualmente até que o pedal sob o pé direito encoste no assoalho e o Mustang escoiceia, pregando brutalmente o corpo do motorista e do passageiro no banco: com relação peso/potência de 2,91 kg/cv, leva apenas 3,8 segundos até os 100 km/h, de acordo com a Ford Racing, em virtude do Kit Super Snake. Já na versão de fábrica, o tempo é de 4,5 segundos. A velocidade máxima é limitada a 260 km/h, também segundo dados da fábrica.A 6.000 rpm o símbolo da SVT começa a piscar no conta-giros, soa um alerta para o momento de troca de marcha. É o Shiftpoint em ação, cujo condutor pode configurar em qual rotação quer ser avisado da alteração da marcha. O corte de injeção vem a 6.300 rpm. A embreagem pesada de cerâmica dupla tem sua vantagem: a mudança deve ser rápida, em que o câmbio ajuda muito, sendo preciso e seguindo seu caminho sem esforço. O Mustang mede 4,77 metros de comprimento, com 2,71 m de distância entre eixos. Sua configuração de suspensão McPherson/Eixo de torção é independente na dianteira, tipo McPherson, e por eixo rígido na traseira, com barra Panhard. A Ford garante que o conjunto é muito bem acertado e que não é nenhum demérito o eixo rígido. De toda forma, a utilização desse recurso dá ao Mustang comportamento peculiar: a trepidação devido às irregularidades no piso.
Realmente um sonho de consumo!
Fonte:(Burnout Racing)

Super máquina para a GT3

Você gosta de ver carros esportivos italianos nas corridas? Que tal um Lamborghini Gallardo LP560? Tudo bem, a marca não tem tradição em competições, mas a oficina alemã Reiter Engineering tem fama de preparar Lamboghini para as pistas. Foi o que fizeram com o modelo italiano. Pela bagatela de 265 mil euros (R$ 714,8 mil), o carro já sai preparado para correr nos campeonatos de GT3.
O motor permanece o mesmo 5.2 V10 de 570 cv, porém, com a central eletrônica modificada de acordo com os parâmetros da categoria. A distribuição dos 1.190 kg do carro entre os eixos, dado importante para as corridas, é de 43% na frente e 57% atrás.


Fonte:(Burnout Racing)

Coisa de apaixonado por velocidade.

Olhem só o que o pessoal da Red Bull Racing NASCAR, aprontou na cidade de Nova York para promover a categoria e uma prova do campeonato!


video

Mensagem do dia.


"Mulheres - com elas uma encrenca, mas sem elas não se pode viver."
(Ayrton Senna)