quinta-feira, fevereiro 10, 2011

FÓRMULA 1 - PRA EVITAR CONFRONTO...

EM RESPOSTA IMEDIATA A AÇÃO JUDICIAL DA FORD PELO USO DO NOME F-150 NO CARRO DA FERRARI PRA TEMPORADA 2011, A ESCUDERIA DE MARANELLO REBATIZOU-O PARA F150th ITALIA.

A Ferrari respondeu de forma quase que imediata à ação judicial da Ford e renomeou seu carro de F1 de 2011 para F150th Italia. Na última quarta-feira (10), a imprensa dos Estados Unidos anunciou que a escuderia de Maranello seria processada pela montadora norte-americana por utilizar indevidamente o mesmo nome da caminhonete da Ford, conhecida em todo o mundo.

O nome do carro vermelho foi idealizado para homenagear os 150 anos da unificação da Itália, mas o F150 entrou em conflito com uma marca já existente e difundida pela Ford. O anúncio da montadora motivou a mudança por parte da Ferrari antes da ação judicial ter sido sacramentada na justiça norte-americana.

Logo após a ação judicial da Ford, a Ferrari emitiu um comunicado de imprensa sobre o desempenho do carro de 2011 nos testes da semana passada, em Valência, já com menção sutil ao novo nome. “Antes da pausa para o almoço, Fernando Alonso completou 200 km sob o comando da Ferrari F150th Italia”, declarou o time.
Fonte(GP)

FÓRMULA 1 - BRIGA DAS GRANDES

A FORD ANUNCIOU HOJE(10) EM COMUNICADO A IMPRENSA, QUE VAI PROCESSAR A FERRARI PELO USO INDEVIDO DA MARCA F-150.

O que muitos jornalistas e torcedores pelo mundo haviam imaginado aconteceu: A Ford anunciou, em um comunicado à imprensa na última quarta-feira (9), que vai processar a Ferrari pelo uso indevido da marca F-150.
A F-150 é uma caminhonete mundialmente conhecida da marca norte-americana. A F-150, carro da Ferrari, tem este nome por conta da homenagem feita pela Ferrari aos 150 anos da unificação da Itália.
Em nota, a Ford disse que pediu à Ferrari a mudança do nome do seu carro de 2011, mas não foi atendida. "F-150 é uma marca estabelecida e importante da Ford e o nome do carro mais vendido na 'série F' da Ford, a mais vendida série de caminhonetes por 34 anos e os veículos mais vendidos por 29 anos", diz a nota.
"Por meio das grandes vendas e publicidade e do uso exclusivo [da marca], a Ford ganhou uma inestimável clientela pela marca F-150. Esta clientela conquistada a duras penas está seriamente ameaçada pela adoção do F-150 por parte da Ferrari", continua o texto. A F-150 é também ligada às corridas, já que a bolha do veículo é utilizada na Nascar Truck Series.
A Ford encerra o comunicado dizendo que solicitou a mudança do nome do carro, mas, como não foi atendida, decidiu entrar com uma medida legal para conseguir sua meta. "Quando a Ferrari anunciou o nome de seu carro de corrida como F-150, a Ford pediu à Ferrari para que mudasse seu nome. A Ferrari não respondeu em tempo hábil, deixando a Ferrari sem escolha senão tomar uma ação legal para proteger sua importante marca e seus direitos."



A Ferrari ainda não se pronunciou sobre o caso.

Fonte(GP)

FÓRMULA 1 - DUELO POR VAGA

A LOTUS RENAULT PROMOVE NESTE PRÓXIMO FINAL DE SEMANA UM DUELO ENTRE BRUNO SENNA E NICK HEIDFELD QUE DISPUTARÃO A VAGA DE ROBERT KUBICA ACIDENTADO NO ÚLTIMO DOMINGO(6).
A DISPUTA SERÁ EM JEREZ DE LA FRONTERA ONDE A F1 REALIZA A SEGUNDA RODADA DE TREINOS LIVRES PARA A TEMPORADA 2011.

A Lotus Renault anunciou na tarde desta quarta-feira (9) sua programação para os testes deste fim de semana em Jerez de la Frontera e vai promover o primeiro embate, o início do vestibular ou qualquer termo de sua preferência entre os favoritos à vaga do lesionado Robert Kubica.

Bruno Senna e Nick Heidfeld terão dois dias para mostrarem serviço a Eric Boullier, o chefe, e ao resto da equipe.

Primeiro reserva da escuderia anglo-francesa e com apenas um ano de experiência na F1 — ainda que andar na Hispania não deva ter servido propriamente como base —, Senna vai enfrentar um alemão que tem uma década de história na categoria e 175 GPs no currículo. Mesmo assim, Heidfeld ainda está por encontrar sua primeira vitória.

Nenhum dos dois andou com o R31, carro feito ao gosto de Kubica e que carrega uma das grandes novidades desta temporada, o escapamento frontal. Apenas o polonês e o russo Vitaly Petrov, que vai participar dos testes na quinta e na sexta, testaram com sucesso o novo bólido na semana passada em Valência. Senna e Heidfeld vão se revezar no sábado e no domingo, em momentos ainda a serem definidos pela Lotus Renault.
Fonte e Fotos(GP)

FÓRMULA 1

O MÉDICO QUE OPEROU ROBERT KUBICA LOGO APÓS O ACIDENTE QUE O PILOTO SOFREU NO DOMINGO(6) DISSE QUE O PROCEDIMENTO FOI UM SUCESSO E QUE ELE JA MOVIMENTA OS DEDOS DA MÃO, MAS AINDA PASSARÁ POR VÁRIAS CIRURGIAS E SUA RECUPERAÇÃO SERÁ LENTA E DIFÍCIL.


Robert Kubica provou o sucesso da operação realizada no domingo (6) para reconstruir a mão direita, lesionada após o polonês sofrer um grave acidente no Rali Ronde di Andora, na Itália. Após ter vivido sob a ameaça de amputação do membro, o piloto da Lotus Renault já consegue movimentar todos os cinco dedos. A bateria de operações vai continuar nos próximos dias no hospital Santa Corona di Pietra Ligure.

O médico que operou Kubica, Dr. Igor Rossello, exaltou o sucesso da operação realizada e revelou à agência 'SID' que aos poucos, o polaco já recupera os movimentos do local atingido pelo guard-rail.

“A operação correu perfeitamente”, comemorou o cirurgião italiano. “Kubica poder mover sua mão é um grande resultado, porque a cirurgia foi longa e complicada”, explicou Dr. Rossello. O piloto voltará à mesa de cirurgia na próxima sexta-feira (11), para operar o ombro e o pé direito lesionado no acidente. Dias depois, Robert terá o cotovelo operado.

Apesar da rápida evolução após ter sofrido acidente tão grave, Kubica foi alertado pelo médico que o trata que a recuperação será dura e longa. “Ele terá de trabalhar todos os dias”, afirmou

O polonês será interrogado pela polícia da Ligúria, região da Itália onde aconteceu o acidente, para ajudar nas investigações sobre o caso. As autoridades locais buscam explicações sobre a maneira como o guard-rail se desprendeu e atingiu em cheio o Skoda Fabia de Robert, que lesionou praticamente todo o lado direito de seu corpo.

Veja um vídeo com a simulação do acidente:
video