terça-feira, abril 27, 2010

NASCAR NATIONWIDE SERIES - ACIDENTE INCRÍVEL!

UM ACIDENTE INCRÍVEL ROUBOU A CENA NA VITÓRIA DE BRAD KESELOWSKI NESTE DOMINGO(25), NA ETAPA DA NATIONWIDE EM TALLADEGA SUPERSPEEDWAY.

Depois de ser adiada pela chuva pela segunda vez consecutiva, a NASCAR Nationwide Series corre em dobradinha com a Sprint Cup, dessa vez em um domingo no Superspeedway de Talladega. A promessa da prova estava com Kevin Harvick, que em menos de uma hora vencia a Aaron's 499 e já tinha que estar no carro, largando na pole, mas ele não pôde fazer a história, que compreenderia em vencer as duas provas no mesmo dia, apesar de ter dominado boa parte da corrida, a vitória ficou com Brad Keselowski, que aproveitou o fato de estar a frente quando um violentíssimo Big One aconteceu na última curva da prova.
Faltando quatro voltas para o final, Colin Braun foi tocado por Steve Arpin e causou mais um acidente multiplo que envolveu Kyle Busch, Morgan Sheperd, Shelby Howard e Parker Kligerman, levando a segunda prova do dia novamente para o Green-White-Checker, a prorrogação.

Na prorrogação, Harvick assume a ponta, seguido por Bowyer e McMurray, mas na última volta, duas filas se formam, com Brad Keselowski assumindo a ponta na parte de cima e quando os carros se aproximam da curva 3, um Big One violento marca o final da prova, quando McMurray, tentando se recolocar na fila de baixo, encontra Bowyer, que não cede e com isso roda, gerando uma série de batidas. O carro de Dennis Setzer voou pelo alambrado, que ficou completamente destruído, mas com o piloto saindo ileso da batida. Também foram envolvidos Justin Allgaier, Scott Wimmer, Brian Scott e Brendan Gaughan.

Com isso, Brad Keselowski aproveita a situação e vence a prova, seguido de Joey Logano, Kevin Harvick, Jason Keller, Johnny Borneman, Clint Bowyer, Tony Raines, Paul Menard, Brian Vickers e Brian Scott completando os dez primeiros. Agora, a Nationwide Series na próxima sexta em prova noturna na pista de Richmond, seguindo caminhos diferentes da Sprint Cup.

video

FÓRMULA 1 - "CORRE SENNA!"

Bruno Senna ainda não enveredou nem para o caminho dos primeiros nem para o dos segundos, mas verá sua carreira ameaçada se continuar pilotando para um time como a Hispania.
Não se trata nem de criticar Bruno, que, afinal, é um estreante que pilota um carro lamentável, de longe o pior do grid (a Virgin ainda quebra muito, mas é mais rápida). É bem verdade que Senna anda tomando pau de Karun Chandhok, que não é nenhum gênio. Mas Bruno anda bem próximo e foi melhor na última corrida, na China. Aliás, julgar qualquer um dos dois com a cadeira elétrica que têm nas mãos é crueldade.
O que deve preocupar os que torcem para Bruno Senna e desejam que um dia ele brigue por vitórias e títulos é o ostracismo ao qual ele está condenado na Hispania. Nenhum chefe de equipe olha com bons olhos um piloto que fecha o grid. Mesmo que ele dirija um carro horrível. Mesmo que o companheiro tenha ficado 0s001 à frente. E um inevitável ar de decepção chega quando um Senna assume um volante de Fórmula 1 e não faz ótimas atuações, ou pelo menos atuações que apareçam na televisão.
Ok, não vamos pegar no pé do rapaz, que, afinal, ficou um ano fazendo corridas isoladas em protótipos e precisa pegar a mão da velocidade dos monopostos novamente (como o próprio já admitiu), o que é comum quando se fica afastado desses brutais carros durante algum tempo (Schumacher que o diga).
Mas é preciso perguntar: será que Bruno Senna não tinha uma opção melhor do que a Hispania, ex-Campos? Por que, vamos concordar, a equipe se revelou uma verdadeira fria. Quase fechou, estreou sem treinar, promete ganhar segundos na pista que ainda não ganhou e não tem um braço financeiro forte no suporte.

Se não quiser arranhar sua imagem, Senna precisa sair de lá o mais rápido possível. Até em 2010, se der.

O risco é muito, muito grande. Mesmo que Bruno faça corridas sensacionais, atue como um monstro, conseguirá apenas passar uma Virgin, isso se conseguir, ou brigar com o companheiro de equipe.
Senna corre ainda o risco de cometer erros frequentes tentando andar mais que o carro para mostrar serviço ou simplesmente não conseguindo colocar na trajetória um Fórmula 1 que é 7 segundos mais lento que os carros de ponta. O projeto feito pela Dallara chega a virar tempos próximos aos dos carros de GP2, que, não é preciso nem dizer, não chegam nem perto dos de F1 em termos de tecnologia, potência e aerodinâmica.
Que carro triste esse da Hispania. É o pior que eu já vi desde os Forti Corse de 1995 e os Lola de 1997, que não chegaram nem a correr direito. Alguém lembra de alguma outra lástima sobre rodas recente que chegue perto?
Na época das negociações para sua entrada na Fórmula 1, Bruno Senna se orgulhava em dizer que não levaria dinheiro à equipe. Chegou a ter um canal aberto para conversar na Toro Rosso. Com o nome e a verba da Embratel, poderia ter tentado também outras equipes. Que conversasse com os patrocinadores, pedisse uma graninha aqui, chorasse lá, mas não sentasse em uma cadeira elétrica dessas.
Ainda é cedo para avaliar se Bruno Senna é ou não bom o suficiente para a Fórmula 1. Nas categorias inferiores, não foi gênio, mas provou que anda muito bem para quem não teve a base do kart (vocês sabem, ele ficou dez anos parado depois da morte do tio).
Só que cometeu um erro crasso ao confiar na palavra de Adrián Campos e embarcar no barco que quase virou, e no fim virou a Hispania, o que é quase como ter virado de fato.
Correndo ele está, mas acho que poderia ter tentado outras portas. E acredito que conseguiria. É claro que pintou o trauma de ficar sem carro (ele tinha tudo praticamente acertado com a Honda quando os japoneses decidiram pular fora, em 2008), e por isso deve ter abraçado a Campos rapidamente. Já deu para perceber que não foi a escolha certa.

Corra, Bruno, corra. Dessa equipe. E salve sua carreira logo. A Fórmula 1 não tem sentimentos.

Fonte: Yahoo Esportes(Gerson Campos)

ATUALIZANDO

OLÁ PESSOAL, DEPOIS DE ALGUNS DIAS AFASTADO PARA DESCANSAR UM POUCO, ESTAMOS DE VOLTA COM MUITAS NOVIDADES. A PRIMEIRA É QUE EM BREVE TEREMOS UM SITE NOVO COM NOTÍCIAS E FOTOS ATUALIZADAS DIARIAMENTE E JÁ ESTAMOS EM CONTAGEM REGRESSIVA PARA NOSSO PRÓXIMO EVENTO. AGRADEÇEMOS A TODOS OS PATROCINADORES, COMPETIDORES E PÚBLICO PRESENTES EM MAIS UM CAMPEONATO DE SOM AUTOMOTIVO REALIZADO NO ÚLTIMO DIA 11/04 NA CIDADE DE TAPERA E CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS NO PRÓXIMO.

UM ABRAÇO A TODOS E VAMOS AO QUE INTERESSA, SEMPRE LEMBRANDO:
LUGAR DE CORRER É NA PISTA!

Gerson Rizzi