terça-feira, dezembro 28, 2010

FELIZ ANO NOVO!!



A CADA DIA DE NOSSA VIDA, APRENDEMOS COM NOSSOS ERROS OU NOSSAS VITÓRIAS. O IMPORTANTE É SABER QUE TODOS OS DIAS VIVEMOS ALGO NOVO. QUE NESTE ANO QUE SE INICIA, POSSAMOS VIVER INTENSAMENTE CADA MOMENTO COM MUITA PAZ E ESPERANÇA, POIS A VIDA É UMA DÁDIVA E CADA INSTANTE É UMA BENÇÃO DE DEUS.


UM FELIZ E VITORIOSO ANO DE 2011 À TODOS OS PILOTOS, EQUIPES E FÃS DO AUTOMOBILISMO, SÃO OS VOTOS DE TODA A EQUIPE DO GTA.
Gerson Rizzi - Presidente


segunda-feira, dezembro 27, 2010

RETROSPECTIVA 2010 - F1

A FÓRMULA 1 EM 2010 TEVE MUITAS SURPRESAS BOAS, DECEPÇÕES, DISPUTAS EMOCIONANTES E ARRISCADAS E O DOMÍNIO DAS TRÊS EQUIPES TRADICIONAIS DE PONTA: RED BULL, FERRARI E McLAREN.


2010 entrou para a história do automobilismo brasileiro e mundial. Com suas peculiaridades, curiosidades, surpresas e até mesmo com a notícia já esperada, o ano deixou marcas tanto no apaixonado pelo esporte-motor quanto na mídia especializada. Exemplos não faltam, como o sétimo título mundial consecutivo de Sébastien Loeb no WRC, que continua sem adversários no rali de velocidade. Mas isso é uma história para daqui a pouco.

A F1 viveu uma temporada com um equilíbrio jamais visto, chegando à última corrida do ano com quatro postulantes ao título — Fernando Alonso, Mark Webber, Sebastian Vettel e Lewis Hamilton. Apesar disso, o Mundial provou a tendência dos últimos campeonatos: alternância entre os favoritos, com o troféu ganhando um dono somente nas últimas provas.

Ainda assim, o tamanho do equilíbrio surpreendeu, haja vista o desempenho dominante de Brawn e Red Bull em 2009. Houve também grandes zebras, como a pole de Nico Hülkenberg em Interlagos, que simplesmente estraçalhou o tempo obtido por Vettel. Este, no final, bateu o favorito Alonso na última corrida do Mundial e se tornou o mais jovem campeão da história.
A maior categoria do automobilismo mundial ficou longe de ver o assombro que foi a Brawn em 2009, que chegou como quem não queria nada e surpreendeu até mesmo o torcedor mais otimista, sobretudo de Jenson Button, que garantiu o título mundial daquela temporada. Na pré-temporada, realizada na Espanha, predominou o equilíbrio, tornando qualquer prognóstico para o início do Mundial, no Bahrein, um autêntico chute.

Quando os carros foram à pista de Sakhir, a realidade finalmente ganhou contornos rubrotaurinos. Depois de dominar a segunda metade da temporada de 2009, a equipe de Dietrich Mateschitz começou suprema no Oriente Médio e quase ganhou a primeira corrida do ano. Quase. Uma falha no sistema hidráulico do RB6 de Sebastian Vettel permitiu que Fernando Alonso vencesse em sua estreia na Ferrari, e de quebra, levou consigo ao pódio Felipe Massa, que voltava a correr depois do gravíssimo acidente que quase tirou sua vida em Hungaroring.

O GP do Bahrein apresentou ao mundo dois dos principais personagens do Mundial de 2010 — Vettel e Alonso —, e no mesmo tempo, deixou evidente desde o começo do ano o desempenho pra lá de decepcionante da Mercedes. Michael Schumacher voltou à F1 carregado de expectativas, infladas até por ele próprio, que declarou em sua apresentação à nova equipe que lutaria pelo título mundial.
O heptacampeão não passou da nona posição no campeonato, tendo finalizado sua primeira temporada completa na categoria sem subir ao pódio. Nico Rosberg bateu o veterano em várias oportunidades, terminando em sétimo na tabela dos pilotos, mas ainda assim, ficou limitado pelo desempenho do W01, talvez a grande decepção de 2010.

A Mercedes rivaliza com Massa no posto de surpresa negativa de 2010. O brasileiro alegou dificuldades com os pneus para justificar seu desempenho pífio durante o ano em que foi batido com facilidade por Fernando. Na única corrida em que teve chances reais de derrotar o bicampeão mundial e vencer a prova, a Ferrari deu um xeque-mate em Felipe em Hockenheim, deixando claro que o cara da esquadra de Maranello era mesmo Alonso.

Durante o Mundial, a McLaren comprovou que o péssimo ano de 2009 foi uma exceção na história vitoriosa da equipe — o que fez de 2010 uma 'antissurpresa'. Estreando a parceria com os dois últimos campeões mundiais, Lewis Hamilton e Jenson Button, a reação equipe de Woking não foi uma surpresa, mas não deixou de ser agradável aos fãs da F1, que viram Button comandar a tabela de classificação após vitórias até surpreendentes e cerebrais na Austrália e na China.
O conservadorismo às vezes exagerado do campeão de 2009 praticamente tirou suas chances de renovar o título neste ano. Hamilton, por sua vez, de conservador não teve nada, e talvez, por ter agido de maneira oposta a Jenson, desperdiçou a oportunidade de faturar o bi. Os pontos perdidos na Itália e em Cingapura foram cruciais para que o britânico terminasse 2010 na quarta posição.

Outra boa surpresa do ano na F1 foi Mark Webber. O australiano havia vencido suas primeiras corridas na categoria em 2009 — Alemanha e Brasil —, mas começou o ano perdendo de Vettel. Mas o veterano de 34 anos não se curvou à juventude, tampouco à alegada preferência da Red Bull pelo alemão. Encarou o rival de igual para igual, chegando ao extremo de se chocarem no GP da Turquia.

A tensão eclodiu na Red Bull, que ao invés de priorizar um ou outro piloto, preferiu adotar uma política igualitária, que ao mesmo tempo foi elogiada por muitos, e questionada por alguns. Esportivamente, foi a atitude mais surpreendente de 2010. Atitude que se revelou acertada no fim do ano, quando Vettel fez uma corrida impecável e contou com a incapacidade de Webber e Alonso de lidar com o tráfego da Marina de Yas, para faturar o título.

A zebra do ano definitivamente foi a pole de Hülkenberg em Interlagos, do mesmo jeito que aconteceu em Spa-Francorchamps em 2009, quando Giancarlo Fisichella surpreendeu a todos ao conquistar a posição de honra no grid do GP da Bélgica debaixo de muita água. Vale também uma menção honrosa para o trabalho apresentado por Kamui Kobayashi em 2010. Apesar de penar com a inconstância do claudicante C29, sobretudo na metade inicial da temporada, o nipônico foi responsável por 32 dos 44 pontos da Sauber, graças principalmente às suas ultrapassagens — muitas delas, obtidas com muito arrojo e técnica.

Fonte(GP)

quinta-feira, dezembro 23, 2010

FELIZ NATAL!


SÃO OS VOTOS DE TODA A EQUIPE DO GTA - GRUPO TAPERENSE DE AUTOMOBILISMO!

quarta-feira, dezembro 22, 2010

FESTA DE PREMIAÇÃO



UM DIA DE GALA PARA O AUTOMOBILISMO GAÚCHO.

Realizada pela segunda vez consecutiva a festa de entrega dos prêmios dos campeões 2010 do automobilismo no Rio Grande do Sul foi novamente um sucesso. Cerca de 600 pessoas prestigiaram o evento que diplomou os campeões de todas as modalidades de automobilismo que contam como Campeonato Gaúcho no ano de 2010. A festa aconteceu no Velopark e no ano de 2010 homenageou o Sr. Klaus Gerdau Johannpeter que deu nome aos troféus entregues a todos os campeões de 2010. Todos os oficiais de competição da Federação Gaúcha de Automobilismo prestaram sua homenagem aos pilotos, preparadores e patrocinadores do Rio Grande do Sul com uma demorada salva de palmas e com a promessa que 2011 será um ano de muito trabalho e dedicação para o crescimento do automobilismo no estado. A Federação Gaúcha de Automobilismo agradece a todos os patrocinadores da Festa em 2010 que foram Velopark, MG Tires, Cia de Eventus, Escola de Vigilantes Caxias, Metal Moro, Coldbras e FuelTech.

O recesso de final de ano da FGA se estente até o dia 10 de janeiro, quando a entidade retoma suas atividades.




Fonte(APPA/RS, FGA)

quinta-feira, dezembro 16, 2010

FESTA DE PREMIAÇÃO DOS CAMPEÕES 2010 DA FGA

Com o encerramento do Gaúcho de Endurance e Gaúcho de Rally de Velocidade todos os campeões já são conhecidos

Sexta-feira, 17 de dezembro é o dia em que todos os campeões da temporada 2010 da velocidade no Rio Grande do Sul serão agraciados. Com o término no último sábado do Gaúcho de Endurance e do Gaúcho de Rally de Velocidade, a listagem de todos os campeões se completa.

O jantar de entrega dos prêmios acontece nesta sexta, nas dependências do Velopark com a presença de todas as modalidades do automobilismo no Rio Grande do Sul que estarão recebendo o troféu e diploma de Campeão Gaúcho 2010.

Informações e reservas de mesas e convites podem ser feitos pelo 51 3224 4808 com Mariana.

Abaixo, confira a lista de todos os premiados 2010:

O GTA estará presente no evento na pessoa de seu presidente.

Fonte(FGA) e (APPA/RS)

segunda-feira, dezembro 13, 2010

AINDA SOBRE O OCORRIDO NO AIC...

É IMPRESSIONANTE O QUE SE LÊ NA NET. DIGO ISSO COM RELAÇÃO AO ACIDENTE QUE VITIMOU O PILOTO DA LIMIT PERFORMANCE VINÍCIUS MASCHIO ONDE O MESMO PERDEU O CONTROLE DO SEU OPALA 551 E APÓS CAPOTAR VÁRIAS VEZES CHOCOU-SE NO GUARD-RAILL PERDENDO A VIDA. ISSO ACONTECEU DURANTE A REALIZAÇÃO DA 17ª ETAPA DO FESTIVAL BRASILEIRO DE ARRANCADAS QUE SE REALIZAVA NO AUTÓDROMO INTERNACIONAL DE CURITIBA NO ÚLTIMO FINAL DE SEMANA(10, 11 E 12).
PRESTEM A ATENÇÃO! 17ª ETAPA, ISSO PORTANTO JÁ ACONTECE A MUITOS ANOS E JÁ TEVE INÚMEROS ACIDENTES NESSE LOCAL, UNS MAIS GRAVES ONDE VIDAS FORAM PERDIDAS E OUTROS QUE SÓ TROUXERAM DANOS MATERIAIS. O QUE QUERO DIZER É QUE O ESPORTE EM TELA, "ARRANCADAS" NÃO É UM ESPORTE COMUM COMO UM JOGO DE FUTEBOL OU UMA MARATONA. É UM ESPORTE QUE ENVOLVE MUITO DINHEIRO, AMOR E CORAGEM.
DINHEIRO, PORQUE OS MECÂNICOS HOJE, ESTÃO MUITO ALÉM DA TECNOLOGIA QUE ERA UTILIZADA 10 ANOS ATRAZ, ELES TÊM A SEU DISPOR UMA INFINIDADE DE EQUIPAMENTOS E PRODUTOS QUE ELEVAM ISSO AO EXTREMO, BASTA TER DINHEIRO PARA BANCAR. AMOR, PORQUE NÃO TEM PREMIAÇÃO NENHUMA EM DINHEIRO SOMENTE TROFÉUS E O RECONHECIMENTO DO PÚBLICO QUE AMA ESSA CATEGORIA. CORAGEM, PORQUE É PRECISO TER PARA PILOTAR UM BÓLIDO DESSES NUMA VELOCIDADE TÃO ALTA E EM TÃO POUCOS METROS.
CONCORDO QUE MUITAS VEZES A AMBIÇÃO DE SE TER UM CARRO DE PONTA, FAZ COM QUE ALGUNS MECÂNICOS ESQUEÇAM DE COMO FAZER PARA PARÁ-LO . HOJE TEMOS REGRAS QUE ESTÃO EXPOSTAS NO REGULAMENTO DA CBA, MAS ESSAS REGRAS SE RESTRINGEM AO CARRO E AO PILOTO, MAS E QUANTO A SEGURANÇA DA PISTA? EXISTEM NO BRASIL VÁRIOS AUTÓDROMOS ONDE SÃO REALIZADOS CAMPEONATOS DE DIFERENTES CATEGORIAS. NÃO ESTOU AQUI PARA DIZER QUE, A CULPA DO QUE OCORREU FOI DA PISTA EXTREMAMENTE ONDULADA DO AIC, ISSO PODERIA TER ACONTECIDO NA PISTA DO VELOPARK EM NOVA SANTA RITA, QUE PRA MIM É HOJE NO BRASIL, A MELHOR DE TODAS. ISSO FOI UMA FATALIDADE, O CARRO DELE JÁ TINHA PROBLEMAS COMO SE VÊ EM VÁRIOS VÍDEOS ONDE ELE TINHA DIFICULDADE EM MANTÊ-LO EM LINHA RETA, TALVEZ POR ALGUM PROBLEMA NO CHASSI OU PELO FATO DO MOTOR SER MUITO FORTE, PELO QUE LI ALGO EM TORNO DE 750 HP.
POIS BEM, ACONTECEU AGORA NÃO ADIANTA MAIS FICAR ACHANDO CULPADOS. FICA O AVISO AS OUTRAS EQUIPES PARA INVESTIREM MAIS EM SEGURANÇA E NÃO SÓ EM POTÊNCIA. E AQUELAS PESSOAS QUE USAM A NET PARA DIFAMAR ESSE TIPO DE ESPORTE, VÃO SE INFORMAR MAIS SOBRE O ASSUNTO ANTES DE "BAIXAR O SARRAFO", ATÉ UM CONCEITUADO BLOGUISTA, O QUAL EU EM PARTICULAR ADMIRAVA POR SEUS COMENTÁRIOS E MATÉRIAS SOBRE O AUTO MOBILISMO EM GERAL, USOU O SEU BLOG PARA EXPOR O SEU ÓDIO A CATEGORIA E AOS SIMPATIZADORES. E OS LEITORES EM SUA MAIORIA TAMBÉM SE REVELANDO CONTRÁRIOS A ESSE TIPO DE ESPORTE. QUE VERGONHA PESSOAS QUE SE JULGAM TÃO CULTAS USAR CERTAS SITUAÇÕES PARA SE PROMOVEREM. NINGUÉM OBRIGA NINGUÉM A GOSTAR DE ARRANCADAS, ASSIM COMO DE F1, STOCK CAR, FÓRMULA TRUCK, NASCAR...
DEUS NOS DEU O LIVRE ARBÍTRIO ENTÃO VAMOS USÁ-LO COM SABEDORIA.
MEUS PROFUNDOS PESARES A FAMÍLIA DO VINICIUS E A EQUIPE; E QUE ELE DESCANSE EM PAZ NAS PISTAS DO CÉU.
Gerson Rizzi - Presidente do GTA

domingo, dezembro 12, 2010

12 HORAS DE TARUMÃ - RESULTADOS

Uma prova de tirar o fôlego do início ao fim. A 12 Horas de Tarumã começou em um ritmo alucinante com a largada ao meio dia deste sábado (11). Até os últimos momentos a vitória não tinha dono já que o protótipo Tubarão era ameaçado pelo MCR 99. A equipe de Campo Bom pôde comemorar a vitória depois de muito sacrifício quando o Tubarão cruzou a linha de chegada a meia noite.

Resultado Final - Corrida - 12 Horas Tarumã 2010


1º) 5 - G.Andrade/B.Justo/E.Dieter (I, Tubarão), 527 voltas em 12:00:47.704 (média de 132,30 km/h)
2º) 99 - P.Hoerlle/M.Castro/A.Hoerlle/C.Castro (I , MCR), a 1:19.476
3º) 10 - Ventura/Almeida/Cardoso/Moro/Toledo (I , MRX), a 35 voltas
4º) 15 - J.Andrade/R.Landi/F.Justo (IV , Volvo C30), a 44 voltas
5º) 22 - R.Biansini/L.Halmenschager/H.Hoss (IV , Gol), a 69 voltas
6º) 54 - P.Avila/D.Bottaro/C.Belleza (IV , Corsa), a 78 voltas
7º) 77 - A.Lima/P.Pretto/H.Kohl (IV , Gol), a 94 voltas
8º) 4 - F.Bertuol/P.Bertuol/A.Bertuol/D.Marini (II 16 , MXR 4), a 101 voltas
9º) 50 - V.Costa/G.Tortelli/C.Vieira/R.Boessio (II 8 , Aldee), a 117 voltas
10º) 53 - R.Tardivo/M.Martins/F.Baretta (IV , Gol), a 147 voltas
11º) 177 - D.Martins/M.Bernardi (IV , Gol), a 148 voltas
12º) 51 - Telmo J/E.Postal/I.Eberle/T.Peretti (II 8 , Aldee RTT), a 224 voltas
13º) 89 - R.Stumpf/M.Stumpf/J.Frigeri (II 8 , ), a 227 voltas
14º) 7 - E.Stedile/C.Ricci/F.Stedile (II 16 , Spyder), a 242 voltas
15º) 31 - J.Fontes/P.Fontes/M.Ritter (IV , Fusca), a 252 voltas
16º) 33 - L.Crestani/F.Mello (I , Tornado), a 267 voltas
17º) 11 - A.Diehl/R.Trettin/I.Diehl (IV , Gol), a 311 voltas
18º) 78 - J.Bastos/C.Britto/E.Serdeira (III , Uno), a 317 voltas
19º) 3 - D.Dornelles/M.Dornelles (IV , Voyage), a 360 voltas
20º) 21 - L.Cardoso/J.Cardoso/J.Laenio Jr (IV , Gol), a 362 voltas
21º) 88 - J.Terres/R.Terres/N.Amaral (IV , Gol), a 444 voltas
22º) 46 - SantAnna/Genz/Kray/Poeta (I , MCR), a 457 voltas
23º) 8 - F.Poeta/C.Ricci (III , Lamborgini), a 485 voltas
24º) 56 - Rotta/Messa/Cardoso/Zen (II 8 , Aldee), a 487 voltas
25º) 18 - R.Kreuz/J.Kreuz/J.Batista/R.Kreuz (I , MCR), a 513 voltas


Melhor Volta: SantAnna/Genz/Kray/Poeta, 1:03.241 (171,68 km/h)
Fonte(BurnoutRacing)

sábado, dezembro 11, 2010

sexta-feira, dezembro 10, 2010

ARRANCADA BRASILEIRA PERDE UM GRANDE PILOTO

FALECEU NESTA SEXTA(10) EM UM ACIDENTE NO AUTÓDROMO INTERNACIONAL DE CURITIBA ONDE SE REALIZAVA O 17º FESTIVAL BRASILEIRO DE ARRANCADAS O PILOTO VINICIUS MASCHIO DA LIMIT PERFORMANCE. VINICIUS PILOTAVA O OPALA DE Nº551 QUANDO PERDEU O CONTROLE APÓS PASSAR NOS 201 MTS A UMA VELOCIDADE DE 190 KM/H CAPOTOU VÁRIAS VEZES E ACABOU SE CHOCANDO NO GUARD RAILL.
O PILOTO FOI SOCORRIDO IMEDIATAMENTE PELA EQUIPE DE RESGATE DO AUTÓDROMO E ENCAMINHADO AO HOSPITAL FALECENDO EM SEGUIDA DEVIDO A MULTIPLAS FRATURAS.

É UMA GRANDE PERDA PARA O ESPORTE BRASILEIRO. VINICIUS ERA UM PILOTO ARROJADO E GRANDE AMANTE DA VELOCIDADE E MORREU FAZENDO O QUE MAIS GOSTAVA. QUE DEUS O ACOLHA NO GRANDE AUTÓDROMO DO UNIVERSO E LHE DE A PAZ ETERNA. SENTIMENTOS A TODA A FAMILIA E AMIGOS.

Gerson Rizzi - Presidente do GTA

17º FESTIVAL BRASILEIRO DE ARRANCADAS 2010, ACIDENTE FATAL!

UM ACIDENTE GRAVE PÔS FIM AOS TREINOS DA SEXTA(10), NO FESTIVAL DE ARRANCADAS EM CURITIBA. O ACIDENTE ENVOLVEU O OPALA Nº 551 DA LIMIT PERFORMANCE PILOTADO POR VINICIUS MASCHIO. O PILOTO FOI RETIRADO DO QUE SOBROU DO CARRO E LEVADO AO HOSPITAL, MAS INFELIZMENTE NÃO RESISTIU AOS FERIMENTOS E VEIO A FALECER. É UM CHOQUE PARA TODOS OS PRESENTES NO AUTÓDROMO E SIMPATIZANTES DA CATEGORIA. HÁ POSSIBILIDADE DO FESTIVAL SER CANCELADO DEVIDO AO OCORRIDO. MAIS INFORMAÇÕES E FOTOS EM SEGUIDA.


VEJAM O VÍDEO DO ACIDENTE:

video

Foto cortesia(DragsterBrasil)

FÓRMULA 1 - MUDANÇAS PARTE 2

NOVAS REGRAS PARA OS NOVOS MOTORES DA F1 APARTIR DE 2013. MUDANÇAS QUE PREVEEM PROPULSORES DE 4 CILINDROS, 1.6 LITROS E QUE TENHAM NO MÁXIMO 12 MIL RPM.



A Federação Internacional de Automobilismo – anunciou as novas especificações dos motores da F1 para 2013 nesta sexta-feira (10). As mudanças preveem motores de 4 cilindros, 1.6 litro e que tenham, no máximo, 12 mil rpm, além da pressão na injeção direta de gasolina superior a 500 bar. Num motor de injeção direta, a queima do combustível acontece de forma mais completa, evitando as perdas de energia que acabam acontecendo nos moldes convencionais.

Poderão ser usados cinco motores durante toda a temporada de 2013 e, a partir de 2014, apenas quatro. Os propulsores terão uma redução de 35% no consumo de combustível, além de vários itens que reaproveitam energia. A gasolina contará com alguns compostos de biocombustível misturados em sua fórmula a partir de 2012, além de limitação nos trabalhos da suspensão, também para 2012.

A regra de câmbios também foi alterada. Em 2013, cada caixa de câmbio deve ser usada por cinco corridas seguidas, ao contrario da atual, que exige quatro provas em sequência.

Os novos motores contarão com inúmeras formas de gerir a energia e com sistemas de recuperação de energia, mas mantendo os atuais níveis de desempenho. Os atuais motores da F1, válidos até 2012, são V8 e de 2.4 litro.

Também haverá um refinamento nos regulamentos relativos aos componentes móveis da asa traseira, além de uma melhor definição do plano de referência e o reforço nos testes de deformação da carroceria, especialmente na dianteira do carro. A parte da frente do chassis, aliás, será reforçada para proteger as pernas ds pilotos.

A FIA irá divulgar os detalhes das novas especificações nos próximos dias.
Fonte(GP)

FÓRMULA 1 - MUDANÇAS PARTE 1

O CONSELHO MUNDIAL DA FIA RETIROU O ARTIGO 39.1 DO REGULAMENTO LIBERANDO ASSIM AS ORDENS DE EQUIPE PARA 2011.

O Conselho Mundial da FIA aprovou nesta sexta-feira (10) no Principado de Mônaco mudanças no regulamento esportivo da F1 para 2011. E a principal delas foi com relação às ordens de equipe. A entidade decidiu retirar do regulamento o artigo 39.1, que proibia o jogo de equipe.

A partir do ano que vem, os casos em que se observar uma conduta que vá contra os príncipios da competição serão avaliados pelo artigo 151c do Código Esportivo Internacional. Em outras linhas, o jogo de equipe está liberado.

"As equipes serão lembradas de que todas as ações que trouxerem descrédito ao esporte serão abordadas pelo artigo 151c do Código Esportivo", afirmou a nota da entidade.

A decisão é um reflexo da polêmica criada pela Ferrari nesta temporada. No GP da Alemanha, a equipe italiana usou do jogo de equipe e pediu para Felipe Massa ceder a vitória ao companheiro Fernando Alonso. O episódio ganhou grande repercussão e gerou discussão quanto à credibilidade da F1. O time de Maranello foi punido com multa de US$ 100 mil pelo caso.

A nota da entidade também acrescentou que toda a comunicação de rádio entre as equipes e a FIA estará disponível para as emissoras de TV a partir de 2012, em uma tentativa de deixar mais transparente as decisões dos times e dos comissários.

CALENDÁRIO PARA O FIM DE SEMANA NO RS

FINAL DE SEMANA COM DECISÃO NO ENDURANCE, FÓRMULA CLASSIC, RALLY VELOCIDADE, LÍNEA E F-FUTURE MOVIMENTAM O ESTADO GAÚCHO.
O Rio Grande do Sul vive um final de semana de gala neste 11 e 12 de dezembro. Os campeonatos gaúchos de Endurance, Formula Classic e Rally de Velocidade encaminham suas finais e o estado recebe a decisão do Troféu Línea e Formula Future.

O Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão, recebe a mais tradicional e dura prova do estado, as 12 Horas com mudanças na formatação. A largada da tradicional prova acontece ao meio dia deste sábado, 11 de dezembro e a chegada acontece a meia noite, e a prova troca a noite pelo dia. Nesta prova acontece a decisão do Campeonato Gaúcho de Endurance. Como preliminar, na manhã de sábado a partir das 9 horas a decisão da Formula Classic. Ingressos custam R$ 15,00 nas bilheterias do autódromo. Maiores informações pelo 51 3485 1510.

Já a cidade de Severiano de Almeida, ao norte do Rio Grande do Sul, receberá no sábado, 11, a quinta e decisiva etapa do Campeonato Gaúcho de Rally de Velocidade. Maiores informações nowww.rallybrazil.com/severiano2010.php.

Em Santa Cruz do Sul acontece a grande decisão do Troféu Línea e da Formula Future. E tem gaúcho disputando o título. O jovem Francisco Alfaya, da cidade de Tapes, é o representante do estado com reais condições de vitória na prova. Toda a programação se inicia ainda no sábado com a realização de treinos livres e tomadas classificatórias. O ingresso é um brinquedo novo, que será doado a instituições de caridade da região. Maiores informações no http://www.racingfestival.com.br. ´


Fonte(Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo )


quinta-feira, dezembro 09, 2010

12 HORAS DE TARUMÃ EDIÇÃO 2010

TARUMÃ O BERÇO DO AUTOMOBILISMO GAÚCHO ESTA EM FESTA NESTE FINAL DE SEMANA. E EM COMEMORAÇÃO AOS SEUS 40 ANOS O AUTOMOVEL CLUBE DO RIO GRANDE DO SUL, PROMOVE AS TÃO FALADAS "12 HORAS DE TARUMÃ", A MAIS DURA PROVA DE RESISTENCIA DO BRASIL, COM UM DIFERENCIAL ESTE ANO; O INÍCIO DA PROVA SERÁ AO MEIO DIA E O TÉRMINO À NOITE. UMA DAS CAUSAS DA MUDANÇA FOI A SOLICITAÇÃO DOS PILOTOS DEVIDO A UMA MELHOR SEGURANÇA NA PISTA EM FUNÇÃO DA VISIBILIDADE, PORÉM UM PROBLEMA PODE SER O CLIMA JÁ QUE PROMETE UM FIM DE SEMANA DE VERÃO NO ESTADO.A programação oficial da edição 2010 das 12 Horas de Tarumã que neste ano homenageia Aristides Bertuol, uma das grandes lendas da velocidade no Rio Grande do Sul e um dos maiores incentivadores da construção do autódromo, se inicia nesta quinta-feira, com a realização dos primeiros treinos livres oficiais e a realização das tomadas classificatórias a partir das 19 horas.

No sábado, a programação se inicia cedo, com a realização da preliminar da prova pela Formula Classic que disputará duas baterias na manhã de sábado. A prova da Formula Classic prestará homenagens à Luiz Carlos Pare Rodrigues, piloto, preparados e dirigente que nos deixou na última semana.
As 12 Horas de Tarumã é uma promoção do Automóvel Clube do Rio Grande do Sul com supervisão da FGA e patrocínio de Pepsi. Ingressos custam R$15,00 nas bilheterias do autódromo e maiores informações no 51 3485 1510.
Abaixo os horários oficiais das 12 Horas de Tarumã 2010:

Treinos Livres
09 / 12 Quinta- Feira das 16:00h às 18:50h
09 / 12 Quinta-Feiradas 20:20h à meia noite
10 / 12 Sexta-feira das 19:00h à 01:00h
Treino Classificatório
09 / 12 Quinta-Feiradas 19:00h às 19:30h Protótipos
09 /12 Quinta-Feiradas 19:40h às 20:10h Turismo
10/12 Sexta-feira Vistoria Técnica na torre de abastecimento a partir das 20h
Vistoria Técnica: no dia da realização das tomadas de tempos, será feita a partir dàs 17:00h nos box.
SÁBADO: 11/12
08:15h Treino Classificatório Fórmula Classic
08:50h Abertura de Box – Fórmula Classic
08:55h Fechamento de Box – Fórmula Classic
09:00h 1ª Bateria Fórmula Classic
09:50h Abertura de Box Fórmula Classic
09:55h Fechamento de Box Fórmula Classic
10:00h 2ª Bateria Fórmula Classic
09:30 h – Vistoria técnica - serão realizadas nos Box ( Carros, box, torres de abastecimento )
10:15h Briefing com todos os pilotos.
11:20 h – ABERTURA DE BOX
11:40 h – FECHAMENTO DE BOX
11:45 h – Posicionamento no Grid – Le Mans
Meio dia – LARGADA 12 HORAS TARUMÃ 2010.
Fonte(FGA)

quarta-feira, dezembro 08, 2010

FESTA DE PREMIAÇÃO 2010 DA FGA

QUASE TUDO PRONTO PARA A FESTA DOS CAMPEÕES DO AUTOMOBILISMO GAÚCHO TEMPORADA 2010, EVENTO QUE SERÁ REALIZADO DIA 17 DE DEZEMBRO NO VELOPARK UMA REALIZAÇÃO DA FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO - FGA.

No final de temporada todas as atenções se voltam para saber quem serão os grandes campeões de todas as categorias do automobilismo gaúcho. Com a tabela de campeões praticamente completa o Rio Grande do Sul apenas aguarda a decisão das categorias Endurance e Rally de Velocidade para completar a tabela dos agraciados com o título de 2010.


Os campeões da temporada, seus patrocinadores, equipes e famílias estarão presentes no próximo dia 17 de dezembro, sexta-feira no Velopark na grande festa de encerramento do ano da velocidade no grande jantar de confraternização organizado pela Federação Gaúcha de Automobilismo. O jantar, que serve de pano de fundo para a entrega dos troféus aos grandes campeões foi uma idealização da atual direção da Federacao, que busca a valorização não apenas dos campeões, mas sim de todos os envolvidos com o automobilismo no Rio Grande do Sul.

Em 2009, o evento que contou com a presença de mais de 600 pessoas, homenageou o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Sr. Cleyton Pinteiro, que efetuou a entrega dos troféus que levavam seu nome aos grandes campeões. Em 2010, o homenageado da noite é o Sr. Klaus Gerdau Johannpeter que fará a entrega do troféu exclusivo, que leva o seu nome, aos agraciados.

Todas as categorias que disputaram campeonatos gaúchos de asfalto e terra estarão representadas na festa e terão seus campeões e vices consagrados na grande noite.

São patrocinadores do jantar os parceiros da FGA, Velopark, MG Tires, Cia de Eventus, Escola de Vigilantes Caxias, Metal Moro, Coldbras e FuelTech.


E já estão na sede da Federação Gaúcha de Automobilismo os troféus que serão entregues aos Campeões de todas as categorias de automobilismo que tem o status de Campeonato Gaúcho de 2010. Os troféus, que neste ano de 2010 levam o nome de Klaus Gerdau Johannpeter são o reconhecimento das conquistas dos pilotos e suas equipes e homenageiam o trabalho do Sr. Klaus Gerdau Johannpeter em nome da excelência do automobilismo no Rio Grande do Sul.

Fonte (FGA)

sexta-feira, dezembro 03, 2010

CALENDÁRIO PARA O FIM DE SEMANA NO RS

A AGENDA PARA O FINAL DE SEMANA NO RIO GRANDE DO SUL TEM VELOCIDADE EM PISTA DE TERRA, KART EM TARUMÃ E ARRANCADA EM GUAPORÉ.



Os dias 4 e 5 de dezembro tem bastante movimento na velocidade do Rio Grande do Sul, os clubes do interior e região metropolitana aproveitam para realizar suas últimas provas do ano em um show de velocidade.

O final de semana da velocidade começa em Pelotas, no Kartódromo da Associação Pelotense de Automobilismo com uma prova de longa duração (3 Horas) de Kart. O grid previsto é de mais de 20 karts de diversas partes do estado. A prova tem início às 13 horas de sábado com 3 horas de duração. Maiorires informações pelos fones (53) 9104 1983 ou 9126 9744.

Ainda no sábado, o Autódromo Alberto Cidade, localizado na cidade de Caçapava do Sul e mantido pelo Automóvel Clube de Caçapava do Sul recebe sua 1a prova noturna da Turismo 1600, com duas horas de duração. A prova comemora os 38 anos do Automóvel Clube de Caçapava do Sul. Toda a movimentação acontece no sábado, com treinos livres desde a manhã e largada da prova de duas horas às 22h. Maiores informações pelos telefones 55 9901 2661 ou 3281 2282.

Já a cidade de Guaporé recebe no sábado e domingo, o Festival dos Campeões de Arrancadas 2010 (Campeonatos: Metropolitano, Serrano, Copa Serra Gaúcha e Copa Sul). A prova serve como festa para a entrega dos prêmios das categorias citadas. Tudo acontece no Autódromo de Guaporé com programação iniciando no sábado à tarde. Maiores informações no www.arranca.com.br

E finalmente no domingo, o Kartódromo de Tarumã recebe a 3a etapa do Campeonato Metropolitano Tarumã Kart Clube das categorias Speed Kart, 2T, Fireball, F400 e Rental Kart. A programação inicia no domingo pela manhã e maiores informações podem ser obtidas pelo telefone 51 3435 4328 ou 3485 9255. O kartódromo fica localizado nas dependências do Autódromo Internacional de Tarumã, Rodovia RST 762 (Estr. Cap. Gentil Machado de Godoy), s/ nº - Viamão.
Fonte(FGA)

terça-feira, novembro 23, 2010

NASCAR - SPRINT CUP = JJ # 48 PENTACAMPEÃO

NO DOMINGO(21), JIMMIE JOHNSON SE SAGROU CAMPEÃO DA TEMPORADA 2010 DA NASCAR NA ÚLTIMA PROVA DO ANO EM HOMESTEAD MIAMI. COM ISSO O PILOTO SE TORNA PENTACAMPEÃO NA CATEGORIA E O MAIS INCRÍVEL: CONSECUTIVAMENTE! PARABÉNS A ELE JUNTAMENTE COM SUA EQUIPE COMANDADA POR CHAD KNAUS UM GÊNIO PERFECCIONISTA QUE SÓ CONHEÇE UMA PALAVRA NO VOCABULÁRIO ESPORTIVO: VITÓRIA.

Jimmie Johnson conquistou o quinto título consecutivo da prova da Nascar ao terminar na segunda posição da etapa de hoje de Homestead. Ele travou durante toda a prova uma briga ferrenha contra Denny Hamlin e Kevin Harvick, mas no fim o título ficou mesmo com o 48. Carl Edwards dominou a prova e venceu a corrida.
Na largada Kasey Kahne sustentou a ponta seguido de Carl Edwards e Jamie McMurray. Na quarta volta aconteceu a primeira mudança na liderança depois que Carl Edwards passou Kahne. Na volta 11 Jimmie Johnson já estava na terceira posição, ao ultrapassar AJ Allmendinger. David Reutimann, com um pneu furado, provocou a primeira amarela da prova na volta 17. Todos os pilotos aproveitaram para parar nos pits e na saída a ordem era Carl Edwards, Kasey Kahne, AJ Allmendinger e Jimmie Johnson. Relargada na volta 23 e Carl Edwards sustentou a ponta. Na volta 24 Denny Hamlin foi tocado por Greg Biffle e foi para a grama, provocando nova amarela. Bandeira verde novamente na volta 28 e Edwards sustentou a ponta enquanto Jimmie Johnson foi para cima de Kasey Kahne, brigando pela segunda posição. Denny Hamlin entrou nos pits na volta 68, o primeiro com bandeira verde. Na volta 71 Jimmie Johnson liderou uma volta, quando todos iam parando nos pits, e com isto garantiu cinco pontos extras. Bandeira amarela na volta 98 por causa de detritos na pista. Os pilotos foram para os pits e na saída a ordem era Martin Truex Jr, Carl Edwards e Kasey Kahne. Bandeira verde na volta 103 e Edwards pulou na frente. Na volta 129 Martin Truex Jr voltou para a ponta da prova ao ultrapassar Carl Edwards. Na 135 Marcos Ambrose rodou na pista provocando mais uma amarela. Os pilotos retornaram aos pits e na saída a ordem era Truex Jr e Carl Edwards. Na volta 140 a prova reiniciou e logo a amarela voltou, depois que Joey Logano rodou. Bandeira verde na volta 144 e Edwards manteve a ponta. Três voltas depois Truex Jr. assumiu a ponta da prova. Kevin Conway rodou na volta 147 e a bandeira amarela foi novamente acionada. Todos os pilotos voltaram para os pits e na saída a ordem era Carl Edwards, Kyle Busch e Kevin Harvick. Relargada faltando 99 voltas e Kyle Busch assumiu a liderança, mas logo em seguida levou o troco de Carl Edwards. Faltando 84 voltas para o fim Jeff Burton bateu no muro, mas conseguiu ir para os boxes sem a necessidade de uma amarela. Logo em seguida aconteceu a amarela por causa de detritos na pista.

Os pilotos retornaram aos pits e a ordem era Kevin Harvick, Martin Truex Jr e Carl Edwards, mas Harvick foi punido por excesso de velocidade nos pits. Relargada na volta 191 e Truex Jr manteve a ponta. Dave Blaney bateu no muro duas voltas depois, provocando nova amarela. Kevin Harvick, que estava com a corrida prejudicada, aproveitou para parar nos pits. Bandeira verde faltando 69 voltas e Carl Edwards pulou para ponta devido a problemas com Truex Jr. Outra amarela faltando 67 devido a problemas com Jeff Gordon. Bandeira verde faltando 62 e Edwards manteve a ponta.
Faltanto 30 voltas tanto Denny Hamlin quanto Kevin Harvick resolveram ousar e anteciparam a parada nos pits. Mas Jimmie Johnson, para se defender, parou também. Faltando 25 voltas para o fim Kevin Harvick deu um totó em Kyle Busch, que rodou e provocou a amarela. Com isto, Denny Hamlin que tinha antecipado a parada, acabou ficando uma volta atrás dos líderes. Relargada faltando 18 voltas para o fim e Edwards manteve a ponta. A prova foi assim até o fim e Edwards conquistou a vitória e Jimmie Johnson, que foi o segundo colocado, garantiu o título.

O CAMPEONATO NA ÚLTIMA ETAPA:

  1. JIMMIE JOHNSON = 6622
  2. DENNY HAMLIN = -39
  3. KEVIN HARVICK = -41

Fonte (NascarBrasil)

quarta-feira, novembro 17, 2010

FGA E OS PREPARATIVOS PARA A FESTA DOS CAMPEÕES 2010

A FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILÍSMO ACELARA NOS PREPARATIVOS PARA A FESTA DOS CAMPEÕES TEMPORADA 2010 ONDE SERÃO ENTREGUES OS TROFEUS DE CAMPEÕES NAS CATEGORIAS TERRA E ASFALTO HOMOLOGADOS PELA ENTIDADE MÁXIMA DO AUTOMOBILÍSMO GAÚCHO. O EVENTO SERÁ DIA 17/12/2010 NO MAIOR COMPLEXO AUTOMOBILÍSTICO DA AMERICA LATINA, O VELOPARK.
"Português" presidente da FGA, o idealizador do evento.

Novamente e a exemplo do acontecido em 2009, a Federação Gaúcha de Automobilismo está preparando uma grande festa para premiar os campeões das categorias administradas pela mesma.
Evento em 2009 contou com mais de 600 convidados.

O jantar, que teve a participação de mais de 600 pessoas no ano passado também pode ser considerado uma grande confraternização entre os pilotos, patrocinadores, preparadores e equipes que fazem o automobilismo gaúcho com suas famílias, que tem a paixão pela velocidade como norte. Aliás, este foi o tema dado à festa quando de sua criação pelo presidente da FGA, Sr. Carlos de Deus, que imaginou uma grande festa familiar, congregando todos e fortalecendo os vínculos de amizade que o automobilismo proporciona.
Em 2010, o troféu entregue aos campeões recebe o nome de Troféu Klaus Gerdau Johannpeter, como homenagem a todo apoio que o Sr. Klaus deu ao automobilismo gaúcho nos últimos anos.
Todas as categorias que disputaram campeonatos gaúchos de asfalto e terra estarão representadas na festa. Velocidade em asfalto e terra, kart, rally e arrancada são as modalidades que terão seus campeões e vices consagrados na grande noite.

São patrocinadores do jantar os parceiros da FGA, Velopark, MG Tires, Cia de Eventus, Escola de Vigilantes Caxias, Metal Moro, Coldbras e FuelTech.

Fonte-Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

segunda-feira, novembro 15, 2010

GM CAMARO 2011

O NOVO CAMARO 2011 NA VERSÃO CONVERSÍVEL SERÁ APRESENTADO NO SALÃO DE LOS ANGELES.
A GM revelou novas imagens da versão 2011 Conversível do Camaro. O Camaro 2011 deve ser apresentado ao público no Salão de Los Angeles.

O Camaro conversível deve custar cerca de US$ 30 mil, e começa a ser vendido no mercado americano em 2011, sendo que a previsão inicial é em março.O motor de entrada deve ser o V6 com 316 cv de potência. Ainda haverá a opção da versão SS, com motor V8 de 6,2 l .O Salão de Los Angeles começa neste mês.
Fonte (ICarros)

NASCAR - SPRINT CUP PHOENIX

DENNY HAMLIN DOMINA A PROVA MAS NÃO CONSEGUE VENÇER. CARL EDWARDS FAZ DOBRADINHA EM PHOENIX VENÇENDO NO SÁBADO(13) A NNS E NO DOMINGO(14) DANDO COM ISSO UMA MÃOZINHA PRA JIMMIE JOHNSON QUE TERMINOU A PROVA EM 5º E DIMINUIU A DIFERENÇA COM HAMLIN. A DECISÃO AGORA FICOU PARA HOMESTEAD MIAMI NO PRÓXIMO FINAL DE SEMANA.


Denny Hamlin teve tudo nas mãos para sair muito próximo do título neste Domingo em Phoenix, mas devido a uma estratégia errada de combustível, acabou terminando atrás de Jimmie Johnson e Kevin Harvick. Carl Edwards, que largou na pole, levou a melhor na estratégia e venceu. Edwards sustentou a primeira posição na largada enquanto Kurt Busch ultrapassou AJ Allmendiger para assumir a segunda posição. Brendan Gaugham provocou a primeira amarela ao bater no muro logo na segunda volta. Bandeira verde na volta 7 e Kurt Busch assumiu a ponta. Na volta 28 Carl Edwards recuperou a liderança da prova. Na volta 60 Brad Keselowski bateu forte no muro, provocando outra amarela. Os pilotos foram para os pits e na saída a ordem era Carl Edwards, Denny Hamlin, Kurt Busch e Kyle Busch.

Bandeira verde na volta 66 e Denny Hamlin foi para cima de Carl Edwards, assumindo a liderança da prova. Na volta 80 Jamie McMurray começou a sofrer com problemas no carro - o spoiler trazeiro dele ficou solto e ele começou a perder rendimento. Bandeira amarela na volta 101 por causa de detritos na pista e McMurray aproveitou para entrar nos pits para reparar o carro. Os pilotos voltaram para os pits e no retorno a pista a orderm era Carl Edwards, Denny Hamlin, Kurt Busch e Kyle Busch.

Relargada na volta 106 e Denny Hamlin novamente assumiu a liderança da prova. Na volta 166 começaram as paradas nos pits com bandeira verde e Paul Menard foi o primeiro a parar. Bandeira amarela na 223 depois que Robby Gordon rodou na pista. Os pilotos foram para os pits e na saída a ordem era Kyle Busch, Denny Hamlin, Carl Edwards e Jimmie Johnson. Kevin Harvick teve que retornar aos pits devido a algum problema e com isto despencou na tabela de classificação.

Relargada na volta 228 e Kyle Busch sustentou a ponta, mas foi logo superado por Denny Hamlin. Travis Kvapil rodou na pista algumas voltas depois e provocou nova amarela. Apenas alguns pilotos pararam nos pits. Na bandeira verde Denny Hamlin sustentou a ponta, pressionado por Carl Edwards. Faltando 47 voltas para o fim da prova Carl Edwards assumiu a ponta da prova. Denny Hamlin parou nos pits faltando 14 voltas para o fim.

O risco de pane seca para os pilotos da frente movimentou a prova e Jimmie Johnson, para economizar combustivel, tirou o pé para poupar. No fim, Carl Edwards conseguiu chegar e venceu a prova, Jimmie Johnson terminou em quinto, Kevin Harvick em sexto e Denny Hamlin em 12º.

O Chase faltando uma corrida para terminar:

  1. Denny Hamlin # 6462
  2. Jimmie Johnson # -15
  3. Kevin Harvick # - 46

A final será em Homestead Miami dia 21/11.

FÓRMULA 1 - UM NOVO CAMPEÃO

SEBASTIAN VETTEL VENCEU A ÚLTIMA CORRIDA DA TEMPORADA DA F1 NESTE DOMINGO(14) E COLOCOU O SEU NOME NO ROLL DOS CAMPEÕES MUNDIAIS, PRECÓCEMENTE POIS É O PILOTO MAIS JOVEM A DETER UM TITÚLO DESSA MAGNITUDE NA CATEGORIA. PARABÉNS AO PILOTO E A TODA A EQUIPE QUE FIZERAM UM TRABALHO PERFEITO E HONESTO DURANTE TODA A TEMPORADA. COMO DISSE O PRESIDENTE DA RBR: "CORRIDA SE VENÇE NA PISTA E DE MANEIRA LIMPA!"

A F1 tem um novo campeão. E se a análise após a definição do grid de largada de sábado em Abu Dhabi apontava que seria ou Alonso ou Vettel, isso significa dizer que o alemão completou a glória da Red Bull em 2010 com uma vitória soberba no modorrento circuito árabe neste domingo (14), contando com uma ajuda primorosa, eficaz e inesperada, claro. Não de Mark Webber, mas de Vitaly Petrov.
Alonso e Webber sucumbiram exatos 71% da prova atrás de Petrov. No máximo o espanhol tentou uma vez superar o russo, que mal está garantido no ano que vem por sua gama de erros na temporada. Só que baixou um espírito da perfeição no segundo piloto da Renault. E Webber, se queria alguma coisa da vida, fraquejou. Nem perto de Alonso andou.

Sorte da Red Bull, que explodiu em festa pelo título de seu ‘filho’ preferido.

Vettel chegou aos 256 pontos e viu Alonso, apenas sexto, ir a 252. Webber, sétimo, ficou com o terceiro lugar na classificação geral, com 242. E Lewis Hamilton, segundo na corrida, foi a 240.

domingo, novembro 14, 2010

NASCAR NATIONWIDE SERIES - PHOENIX

CARL EDWARDS VENÇE A PROVA DE PHOENIX ARIZONA NESTE SÁBADO(13).
Carl Edwards dominou a prova da Nationwide deste Sábado em Phoenix e venceu com tranquilidade. Depois de liderar 153 voltas das 200 da prova, o piloto cruzou com tranquilidade a linha de chegada na primeira posição. Foi uma prova tranquila, sem grandes disputas e incidentes.

sábado, novembro 13, 2010

NASCAR - TRUCK SERIES PHOENIX

TODD BODINE É O GRANDE CAMPEÃO DA TRUCK SERIES TEMPORADA 2010. O TÍTULO FOI DEFINIDO NA PROVA DE PHOENIX, ARIZONA E MESMO CHEGANDO NA 12ª COLOCAÇÃO ELE JÁ TINHA UMA BOA VANTAGEM SOBRE OS OUTROS CONCORRENTES POR ISSO NÃO TEVE DIFICULDADES PARA LEVANTAR A TAÇA DE CAMPEÃO.




O grande campeão temporada 2010

Todd Bodine terminou a etapa de Phoenix da Nascar Truck Series, na noite desta sexta-feira (12), apenas na 12ª colocação. O resultado, no entanto, foi o suficiente para garantir o segundo título da carreira do piloto da equipe Germain. Bodine tem 202 pontos de diferença para Aric Almirola na tabela de pontos, mas apenas 195 estarão em jogo na última prova. O vencedor em Phoenix foi Clint Bowyer. O vencedor da prova Clint Bowyer

Todd Bodine tem 46 anos e estreou na Nascar em 1986 ao fazer uma prova na Nationwide Series. Em 1991, na mesma divisão, realizou a primeira temporada completa finalizando em sétimo, com uma vitória. A partir de então, competiu tanto na Sprint Cup quanto na Nationwide até o ano de 2003, tendo um 20º lugar na divisão principal, em 1992, e o vice-campeonato da divisão de acesso, em 1997, como melhores resultados.

Depois de 15 vitórias – todas na Nationwide – e 12 pole-position nas duas divisões, Bodine passou a correr apenas na Truck Series. Competindo pela Germain Racing desde a metade de 2005, o americano conquistou dois campeonatos, 2006 e 2010, além de 21 vitórias e sete pole-positions.

Apesar de o campeonato já estar definido, a última corrida do ano é na próxima sexta-feira (19), em Homestead-Miami e pode ter a participação dos brasileiros Nelsinho Piquet e Miguel Paludo.

Fonte (GP)

sexta-feira, novembro 12, 2010

CALENDÁRIO PARA O FIM DE SEMANA

MUITA ADRENALINA E EMOÇÃO NO FINAL DE SEMANA AUTOMOBILÍSTICO MUNDIAL!

No domingo(14) as 18 hs a penúltima prova do Chase da Nascar Sprint Cup direto de Phoenix pelo Speed Channel.

No Sábado(13) as 19:00 hs Nascar Nationwide Series direto de Phoenix.

Na sexta de noite teremos a Nascar Camping World Truck Series, 22:30 hs.



Na Fórmula 1 teremos neste final de semana no circuíto de Marina Yas em Abu Dhabi a decisão do campeonato 2010 com quatro pilotos disputando a final. Horários: Sábado classificação às 11:00 hs e no domingo a corrida às 11:00hs.

O Rio Grande do Sul tem final de semana prolongado mais tranqüilo na velocidade, mesmo assim há decisão do Gaúcho de Terra em Encruzilhada do Sul e Arrancada em Ibirubá.

No domingo, a cidade de Ibirubá recebe a decisão da Copa Sul de Arrancada. A programação se inicia a partir das 8 horas com a inscrição das equipes. A primeira arrancada acontece a partir das 12:45. Maiores informações no www.arranca.com.br
A cidade de Encruzilhada do Sul recebe em seu autódromo a 4a etapa e decisiva do Campeonato Gaúcho de Pista de Terra da categoria 1600 e Mini Formula Tubular (Kart Cross). Toda a movimentação acontece no domingo, a partir das 8 horas da manhã. O autódromo fica no Parque de Eventos de Encruzilhada do Sul com organização do Velocar Clube e o ingresso é um quilo de alimento não perecível. Maiores informações pelo telefone 51 8167 5000.

quarta-feira, novembro 10, 2010

FGA AGORA TEM SAFETY CAR

FEDERAÇÃO GAÚCHA DE AUTOMOBILISMO RECEBE SAFETY CAR DA CBA.

A Federação Gaúcha de Automobilismo em um ano de conquistas recebeu da Confederação Brasileira de Automobilismo um Renault Megane 2.0 para ser utilizado como Safety Car nas provas realizadas no estado.

O recebimento do carro é o reconhecimento do trabalho realizado em prol do esporte pela FGA, formando oficiais, fomentando o esporte a motor no estado e dando exemplos de organização e funcionamento para todo o país.

O carro, que foi devidamente adesivado e identificado como Safety Car, fica a disposição dos clubes filiados à FGA que poderão utilizar o carro em suas provas, bastando para isso fazer o agendamento e translado do Safety Car.

A Federação Gaúcha de Automobilismo, em nome de seu presidente, Carlos Alberto de Deus agradece à Confederação Brasileira de Automobilismo, representada pelo Sr. Cleyton Pinteiro, presidente da mesma, o reconhecimento e confiança depositados na entidade, que continuará trabalhando para o crescimento do automobilismo no Rio Grande do Sul e no Brasil.

Erlon Radl - Assessoria Federação Gaúcha de Automobilismo

segunda-feira, novembro 08, 2010

FÓRMULA 1 - GP DO BRASIL

DOBRADINHA DA RED BULL ADIA DECISÃO DO TÍTULO PARA O GP DE ABU DHABI ONDE OS QUATRO PILOTOS VÃO DISPUTAR O TÍTULO DA TEMPORADA 2010. ALONSO MANTEM A PONTA NA DISPUTA COM 8 PONTOS DE VANTAGEM E PODE ATÉ CHEGAR EM SEGUNDO NA ÚLTIMA PROVA. POR ENQUANTO A RED BULL SÓ CONSEGUIU O MUNDIAL DE CONSTRUTORES ANTECIPADO COM A VITÓRIA NO BRASIL.
A primeira curva da corrida deste domingo (7) em Interlagos definiu a favor de Sebastian Vettel a vitória no atipicamente chocho GP do Brasil. O único trabalho que teve o alemão nas 71 voltas foi o de passar o compatriota e zebra Nico Hülkenberg o mais rápido que pudesse para não ter um eventual enfrentamento com Mark Webber. Como conseguiu a meta na primeira curva, o negócio, então, foi manter uma distância sempre cômoda para o colega de Red Bull que o conduzisse ao quarto triunfo na temporada e, por conseqüência, garantisse sua passagem para a decisão do campeonato, em Abu Dhabi.
Pois o 'fator Hulk' não durou mais do que 10 segundos. Largando mal, nem conseguiu espremer Vettel no muro interno e permitiu a ultrapassagem já no S do Senna. Lá entre o fim da reta oposta e a Descida do Lago, foi a vez de Webber superar o alemão. Mais atrás, Alonso pressionou Hamilton, e logo na volta 2 o espanhol ganhava o quarto posto num pequeno erro de Hamilton, também no Lago.
Hülk atrapalhou Alonso até a volta 6. Notoriamente com o carro mais rápido, o líder do campeonato encostava na reta principal e não executava a manobra de superação porque o alemão optava pela trajetória interna. Só na Descida do Lago — sempre ela —, com melhor tangência e tração na curva é que Alonso pulou para terceiro, mas já relativamente longe das Red Bull.

O pole passou a segurar uma fila que tinha Hamilton, Kubica, Barrichello, Massa, Schumacher e Button. Algo que durou até a volta 14, quando Hülkenberg foi aos pits. Neste ínterim, Massa havia já parado duas vezes — a segunda por um problema de fixação da roda dianteira direita. Barrichello também não saiu ileso dos pits: a Williams se atrapalhou.

Dos ponteiros, Hamilton foi quem foi aos boxes antes, na volta 20. Com pneus novos e sem tráfego, começou a andar quase 1s mais rápido que os três rivais da frente. A Ferrari só chamou Alonso na 24. A Red Bull optou por trazer Vettel antes de Webber, giros 25 e 26, respectivamente. Como estava, ficou, com Vettel mantendo uma frente de aproximadamente 3s para o companheiro e neo-desafeto.

No pelotão secundário, as paradas ajudaram Button a escalar o pelotão. 11º no grid, o lorde chegou ao quinto lugar na volta 30, quando se livrou de Kobayashi — que ainda não havia parado; aliás, só o fez na 49. No outro extremo, Massa e Barrichello buscavam uma recuperação impossível. Enquanto Felipe sofria atrás de Vitantonio Liuzzi e Sébastien Buemi, Rubens revia os problemas ao ter um leve toque ao tentar superar Jaime Alguersuari. A 13ª posição virou 18ª, com nova parada nos boxes para troca do bico avariado e do pneu furado.

A prova passou a focar a batalha de Webber à caça de Vettel. Até que Mark chegou a 1s5. Só que veio uma fila de retardatários, de nível — Massa, Heidfeld, Kubica e, vejam, o pole Hülkenberg — para minar sua tarefa. Quem atrapalhou mais foi Buemi, e a diferença voltava a 2s5. De repente, Liuzzi — em sua provável penúltima prova na F1 — encheu a barreira de pneus da Curva do Sol e provocou a entrada do safety-car na 52ª passagem.

O que parecia ajudar Webber acabou sendo pior. Porque naquele instante, Kubica e Hülkenberg estavam entre seu alvo. Assim, quando foi dada a relargada, o alemão encaixou a então melhor volta da prova, 1min14s909. Combalido, o australiano teve de se livrar do tráfego e ver os números voltarem àqueles 3s de praxe. Estava dado o nocaute. 3s3 na volta seguinte. Depois 3s6. Depois 4s4. Depois 5s. E ficou nisso, com certa margem de erro.

A prova ainda veria um ou outro momento de êxtase, tipo o toque de Massa com Buemi no fim da reta oposta, outro toque, desta vez com Petrov no S do Senna, e a disputa entre Hamilton e Alonso para ver quem seria o autor da melhor volta — o inglês da McLaren ganhou.

Sem a Red Bull se resolver se apoia Vettel ou Webber, Alonso manteve importante vantagem na tabela de classificação, com oito pontos de vantagem para Webber — 246 a 238. Isto é, um segundo lugar dá o título ao espanhol. Vettel foi a 231. E Hamilton chegou a 222. Os quatro na disputa. Abu Dhabi queria. E vai ver a decisão do Mundial 2010.
Fonte(GP)

NASCAR - SPRINT CUP TEXAS

DENNY HAMLIN VENÇE EM FORT WORTH NO TEXAS E ASSUME A LIDERANÇA DO CHASE NUMA PROVA MARCADA POR AGRESSÕES VERBAIS E ATÉ FÍSICAS PROTAGONIZADAS POR ALGUNS PILOTOS NESTE DOMINGO(7). AGORA RESTAM APENAS DUAS CORRIDAS PARA O FIM DO CAMPEONATO.




A corrida começou com Elliott Sadler largando na pole-position, mas na segunda volta Greg Biffle já era o novo líder. O piloto da Roush-Fenway, porém, não teve chances de abrir vantagem para os adversários pois a bandeira amarela foi acionada devido aos problemas mecânicos de Joe Nemechek.

No recomeço, Biffle manteve a liderança, enquanto Jimmie Jonhson começava a escalar o pelotão, depois de passar as primeiras voltas preso atrás de carros mais lentos. A reação do tetracampão precisou ser interrompida logo em seguida, quando os detritos causaram uma nova paralisação. Os pilotos aproveitaram a pausa para ir aos boxes, e Mark Martin foi o mais rápido, retornando na liderança. Três giros depois, porém, Biffle estava novamente no comando.

Na volta 58, Sam Hornish obrigou o safety-car a fazer uma nova aparição ao ir para o muro entre as curvas 3 e 4. A paralisação, no entanto, não custou a liderança ao piloto do Ford número 16. Jimmie Johnson por sua vez já se encontrava em quinto depois dos problemas iniciais.

Enquanto os candidatos ao título – Hamlin, Johnson e Kevin Harvick – avançavam, Mark Martin retomava a liderança da corrida ao superar Greg Biffle. Só que oito voltas depois, o experiente piloto da Hendrick foi aos boxes, devolveu a primeira posição para o adversário. Após o ciclo de paradas, Martin estava mais uma vez na primeira posição.

Na passagem de número 132, a bandeira amarela foi acionada por conta da rodada de Martin Truex Jr. Com os líderes mais uma vez no pit-lane, a liderança mudou de mãos e Joey Logano passou a comandar o pelotão. Entretanto, assim como aconteceu nas vezes anterior, não demorou para que Greg Biffle retornasse ao primeiro posto. A situação se repetiu vinte voltas depois: Truex causou a bandeira amarela, Logano pulou na frente e Biffle demorou, mas voltou a liderar.

Tão logo o piloto da Roush assumiu a primeira colocação, o safety-car foi obrigado a retornar à pista, pois Kyle Busch rodou ao ser empurrado por David Ragan. O piloto da equipe de Joe Gibbs ia perder a volta do líder devido à demora para os reparos necessários serem feitos nos boxes. Assim, optou por ser punido por excesso de velocidade no pit-lane ao invés de perder a volta.

A Nascar, entretanto, puniu Busch o segurando por duas voltas, ao considerar que o piloto cometeu atitude anti-desportiva. O campeão da Nationwide em 2009 ficou irritado com a penalização e fez gestos rudes para o fiscal.

Na volta 191, novos acidentes. Primeiro foi o terceiro capítulo da maré de azar de Martin Truex, que bateu na curva 3. Só que se antes o que aconteceu em seguida era previsível, dessa vez não foi. No mesmo momento, em outro ponto da pista, Jeff Burton bateu e acabou empurrando Jeff Gordon para o muro. Tão logo o tetracampeão saiu do carro, caminhou em direção ao adversário e o cumprimentou com um empurrão. A dupla trocou alguns socos antes de ser contida pelos fiscais.

Como foi um acidente de Truex, é claro que Joey Logano assumiu a liderança em seguida. Assim como era previsível que Greg Biffle retornasse à primeira colocação alguns giros depois.

A situação permaneceu inalterada até a passagem de número 300. Biffle perdeu a primeira posição apenas quando fez as paradas nos boxes em bandeira verde. David Reutimann e Logano continuavam entre os primeiros, enquanto Johnson, Harvick e Hamlin alçavam ao primeiro pelotão.

O safety-car reapareceu por conta de detritos na pista fazendo com que os pilotos fossem novamente aos boxes. Mark Martin e Tony Stewart decidiram não parar. Nos pits, Harvick foi o mais rápido ao trocar apenas dois pneus. Com a bandeira verde, Hamlin pulou da quarta posição para a liderança, enquanto o Chevrolet número 29 perdia muitas colocações e reclamava do carro sair de traseira.

A situação piorou pois Harvick raspou o muro faltando 16 voltas para o fim. O prejuízo foi contido, porém, por uma bandeira amarela, no giro 328, causada pela rodada de Patrick Carpentier. Salvo os seis primeiros, todos foram para os boxes, possibilitando que os últimos ajustes fossem feitos para o piloto de Richard Childress.

A derradeira bandeira verde foi acenada e Hamlin foi superado por Matt Kenseth. Na volta final, o piloto conseguiu recuperar a posição e cruzou a linha de chegada em primeiro para garantir a liderança do campeonato. Kenseth terminou em segundo, seguido por Martin, Logano e Biffle. Kevin Harvick terminou em sexto, enquanto Clint Bowyer, David Ragan, Johnson e Paul Menard completaram os dez primeiros. Na corrida, houve 35 mudanças de liderança entre 14 pilotos e a bandeira amarela foi acionada nove vezes, durando 40 voltas.

No campeonato, Hamlin assumiu a liderança faltando apenas duas corridas para o fim e detém uma vantagem de 37 pontos para Johnson. Harvick está 59 pontos atrás e corre por fora na disputa pelo título.

A penúltima etapa da Nascar Sprint Cup é no próximo domingo (14), em Phoenix.
COMO ESTA O CHASE FALTANDO DUAS CORRIDAS PARA O FINAL:
  1. Denny Hamlin = # 6325
  2. Jimmie Johnson = # -33
  3. Kevin Harvick = # - 59

Fonte (GP)

NASCAR - NATIONWIDE SERIES TEXAS

BRAD KESELOWSKI TERMINA A PROVA EM TERCEIRO MAS MESMO ASSIM CONFIRMA O TÍTULO DA TEMPORADA 2010. DEPOIS DE QUATRO ANOS CORRENDO NA CATEGORIA O PILOTO CONSEGUE O FEITO DANDO ASSIM TAMBÉM O PRIMEIRO TÍTULO A ROGER PENSKE DONO DA EQUIPE.

Na corrida, James Buescher largou na pole-position e liderou até a quinta volta, quando foi ultrapassado por Kyle Busch. O novato perdeu uma série de posições até chamar a primeira bandeira amarela, na volta 44, depois de acertar o muro ao ter um pneu furado.

Os líderes foram para os boxes e Carl Edwards aproveitou um erro de Kyle Busch e retornou na liderança. No recomeço, Ricky Stenhouse Jr surpreendeu a todos ao ultrapassar o companheiro de equipe e assumir a primeira colocação. Enquanto isso, Kevin Harvick reclamava de uma vibração no carro e torcia por uma bandeira amarela para resolver o problema.

E o safety-car de fato apareceu, no giro 81, por conta de uma falha mecânica de David Starr. Com a bandeira verde, Busch e Edwards voltaram a ocupar a primeira e segunda posição, respectivamente. O piloto da equipe de Joe Gibbs abriu uma confortável diferença para os adversários, podendo fazer a parada nos boxes em bandeira verde e retornando no primeiro lugar.

Na volta 148, a bandeira amarela foi mais uma vez acionada por conta de detritos. Kyle Busch perdeu a vantagem que tinha e, na relargada, foi superado por Edwards. Brad Keselowski se aproveitou do duelo entre os outros dois pilotos e pulou para a segunda posição, ainda que momentaneamente.

Faltando 16 voltas para o final, a bandeira amarela apareceu novamente. Dessa vez foi por conta da rodada de Parker Kligerman. Trevor Bayne ficou na pista e assumiu a liderança, sendo seguido por Edwards e Busch. No recomeço, o jovem piloto da Roush-Fenway foi ultrapassado rapidamente por todo o pelotão.

Apesar da liderança tranquila de Edwards nas voltas finais, a corrida ganhou alguma emoção por conta do problema mecânico de Clint Bowyer, que chamou a prorrogação. Mesmo assim, Edwards foi capaz de manter a ponta e vencer pela terceira vez na temporada. Kyle Busch finalizou em segundo e Brad Keselowski se sagrou campeão, dando o primeiro título a Roger Penske na Nascar, ao terminar em terceiro.

O quarto colocado foi Joey Logano, enquanto Martin Truex Jr finalizou em quinto. Jason Leffler, Reed Sorenson, Kevin Harvick, Paul Menard e Steve Wallace completaram os dez primeiros. Na corrida, houve dez mudanças de liderança entre sete pilotos e a bandeira amarela apareceu cinco vezes, durando 27 voltas.

O campeão – Brad Keselowski é filho de Bob Keselowski, que teve algum sucesso em categorias menores do turismo americano. O piloto não repetiu os passos do pai e teve uma carreira apagada até chegar à Nationwide. Na divisão de acesso, conseguiu uma série de resultados ruins em 2007, tendo o ponto alto se classificar ao lado de Dale Earnhardt Jr em Bristol.

Os dois começaram uma amizade e depois de Earnhardt Jr demitir o piloto que corria em sua equipe, chamou Keselowski – que fizera uma boa corrida na Truck Series semanas antes ao substituir Ted Musgrave – para competir em algumas etapas do campeonato. O piloto se destacou e conseguiu assinar com a equipe para o ano seguinte.

Brad finalizou em terceiro em 2008 e 2009, conquistando seis vitórias, além de um triunfo na Sprint Cup, em Talladega, competindo pela Phoenix Racing em parceria com a Hendrick. O piloto mudou de equipe nesta temporada para competir em tempo integral tanto na Sprint Cup quanto na Nationwide. Pelo time de Roger Penske, obteve mais seis triunfos e conquistou o primeiro título da carreira com uma vantagem de 465 pontos sobre Carl Edwards.

Apesar de o título já estar definido, a penúltima etapa da Nationwide acontece no próximo sábado (13), em Phoenix.

Fonte (GP)